Chocolate, baunilha e amor

torta_raw_3

Pode levantar as mãos pro céu e agradecer porque existe sobremesa vegana incrivelmente deliciosa e linda! E é mais que isso, além de não conter nenhum ingrediente de origem animal, esse doce é também muito saudável, só tem ingredientes naturais e você não vai abrir uma única lata durante toda a preparação.

Vou te contar uma coisa, eu toquei uma confeitaria artesanal por mais de dois anos, e mesmo tentando ser criativa, sempre que precisava preparar uma sobremesa, incluía nela leite condensado, creme de leite ou ovos. Todas as vezes.

Por isso ontem, quando finalizei essa torta aí, fiquei sentindo que ainda tenho muito caminho pela frente. A cozinha e os ingredientes são fontes inesgotáveis de possibilidades, e foi só depois da dieta vegetariana que consegui abrir meus olhos e enxergar com clareza essa verdade: a gente come e consome sem pensar.

Bom, mas chega de conversa e vamos pra receita. Eu me inspirei em muitos doces que vi nos blogs gringos de comida vegana e crua, mas no fim decidi criar a coisa toda do meu jeito, com os ingredientes que tinha aqui em casa. E ficou assim:

torta_raw

Torta vegana de chocolate e baunilha 

Você vai precisar de uma fôrma com aro removível de 17cm de diâmetro. Se a sua fôrma foi maior, recomendo dobrar a receita. Antes de começar, deixe de molho a castanha de caju, ela precisa hidratar por no mínimo 4 horas antes de ser usada.

Ingredientes da base:

1/3 de xícara (chá) de amêndoas sem sal

1/3 de xícara (chá) de castanha do pará

6 ameixas secas, sem caroço

1 colher (sopa) de açúcar de coco

Coloque os ingredientes no liquidificador ou em um processador potente e bata até obter uma massa grudenta. Espalhe essa massa no fundo da fôrma, pressionando com os dedos pra que fique bem compacta. Tente deixar as laterais um pouquinho mais alta que o meio. Leve para o congelador enquanto faz os recheios.

recheio de baunilha:

1/2 xícara (chá) de castanha de caju crua, sem sal, deixada de molho por 4 horas

2 colheres (sopa) de melado

sementes de uma fava de baunilha – também pode 1 colher de café de extrato de baunilha

1/2 xícara de creme de coco – fiz o leite de coco caseiro, deixei na geladeira alguns minutos, e então usei só aquela parte bem cremosa que fica por cima.

1 colher (sopa) de óleo de coco líquido

Escorra a castanha, dispense a água, e junte todos os ingredientes no liquidificador. Bata por uns 3 minutos, até obter um creme liso e homogêneo. Retire a fôrma do congelador e coloque esse creme por cima da base. Leve pro congelador novamente.

recheio de chocolate:

1 abacate grande e maduro

4 colheres (sopa) de cacau 100%

3 colheres (sopa) de melado

1 colher (sopa) de chia

leite de coco caseiro

Coloque todos os ingredientes no liquidificador, menos o leite de coco. Bata pulsando, o quanto conseguir. Se tiver muito difícil, vá adicionando um pouco de leite de coco, mas não use mais do que meia xícara, a ideia é deixar o creme bem consistente, parecendo um mousse. Quando estiver homogêneo, retire a forma do congelador e espalhe o creme de chocolate por cima da camada de baunilha. Deixe no congelador novamente, por mais ou menos 30 minutos. Se deixar por mais tempo, a torta vai ficar bem dura, aí é preciso colocá-la na geladeira, uns 30 minutos antes de servir, pra que volte a ficar macia.

torta_raw_2

Bombons de cacau e óleo de coco

Para decorar, fiz esses bombons e usei algumas castanhas de caju. Se quiser ter menos trabalho, faça apenas a calda e espalhe por cima da torta.

Calda de chocolate

1/3 de xícara (chá) de óleo de coco

1/3 de xícara (chá) de cacau em pó

3 colheres (sopa) de melado

Coloque o óleo de coco em uma panela e leve ao fogo até derreter. Quando estiver líquido, abaixe o fogo, adicione o cacau e o melado e misture bem, assim que estiver homogêneo, desligue o fogo. Coloque essa calda em forminhas de bombom – a minha é rígida e foi super difícil desenformar, acredito que naquelas de silicone fica bem mais fácil – recheie com manteiga de amendoim, coco ou faça maciço mesmo, despeje mais calda pra cobrir o recheio e leve pra geladeira até solidificar. Depois é só colocar por cima da tora.

Banana bread, o pão de banana metido

DSC00884

Eu to cheia de assuntos pra colocar aqui, mas nesses últimos dias fiquei tão concentrada em deixar a casa em ordem que acabei largando o blog de lado. Pra completar troquei recentemente de computador e além de não estar acostumada com ele, ainda não consegui passar meus arquivos pra cá. Então, enquanto as fotos que separei pra ilustrar os posts não vêm morar na máquina nova, vou deixar pra vocês uma receita que fiz ontem e que já tem lugar de destaque no meu caderninho: banana bread.

Apesar do nome “pão de banana”, esse é na verdade um bolo assado numa fôrma de pão. Muito popular na Austrália, o banana bread já ganhou várias versões, e essa aqui é a minha, sem glúten, sem leite e sem ovos, uma opção vegana cheia de sabor e nutrientes.

DSC00882

Banana bread vegano

3 bananas prata, grandes e bem maduras

1 ovo vegetal – em um potinho coloque 1 colher (sopa) de farinha de linhaça dourada e mais duas colheres (sopa) de água. Misture e deixe descansar por 15 minutos.

3 colheres (sopa) de óleo de coco líquido – se estiver frio e o óleo solidificado, coloque uns 20 segundos no micro-ondas para derreter

1/3 de xícara de açúcar mascavo

1/3 de xícara de melado de cana

1 colher (sopa) de fermento em pó

1 pitada de sal

1 colher (café) de canela em pó

180ml de leite de coco caseiro

1 xícara bem cheia de farinha de amêndoas – só triturar as amêndoas sem sal no liquidificador at[e obter uma farinha

1 xícara bem cheia de farinha de aveia sem glúten – só bater a aveia no liquidificador at[e obter uma farinha fina

1/2 xícara de polvilho doce

1/2 xícara de amido de milho

Como faz:

Pre-aqueça o forno a 180 graus. Unte uma fôrma de bolo inglês com óleo de coco – ou outro óleo vegetal – e forre com papel manteiga, depois unte com óleo também o papel. Em uma tigela grande coloque as bananas e amasse bem com um garfo, até formar um purê. Acrescente todos os demais ingredientes, deixando por último as farinhas. Misture vigorosamente com uma espátula ou colher de pau, até ficar homogêneo. Despeje a massa na fôrma preparada e leve ao forno por aproximadamente 40 minutos, ou até que a superfície esteja dourada e, ao espetar um palito, ele saia limpo. Aproveite pra fazer um café bem gostoso e divida com quem você ama.

DSC00885

 

Bolinho vegano de cacau e abobrinha

006Sim gente, abobrinha! Quando eu comecei a testar receitas de bolos e pães sem glúten, logo me deparei com um problema: massa seca e esfarelenta. Agora então, que estou usando o mínimo possível de ovos e leite, fiquei ainda mais preocupada achando que os bolos seriam todos duros e sem graça.

E é aí que entra a abobrinha, que a princípio pode parecer um ingrediente estranho, mas enriquece a massa e dá uma textura mais densa e úmida, sem deixar nenhum sabor. Pode confiar, esse bolinho tem gosto de chocolate, e só.

Para substituir o ovo, eu usei uma misturinha de chia e água que chamo de “ovo vegetal”, é só bater a chia no liquidificador até obter uma farinha. Depois coloque em um potinho 1 colher de sopa rasa da farinha de chia e 2 colheres de sopa de água, misture e deixe descansar um pouco até ficar com consistência de clara de ovo. Esse preparado equivale a um ovo, aqui nessa receita vamos usar 3. Olha que fácil:

012

Bolinho vegano de cacau e abobrinha – sem glúten

ingredientes para 12 bolinhos:

140g de farinha de arroz integral

50g de polvilho doce

50g de amido de milho

40g de cacau em pó

100g de chocolate meio amargo triturado no liquidificador ou no processador – verifique a embalagem para ter certeza de que é sem glúten e sem lactose

100g de açúcar demerara

1 colher (chá) de fermento em pó

1 colher (chá) de bicarbonato de sódio

1 pitada de sal

80g de óleo de coco – se estiver solidificado, aqueça até ficar líquido

2 xícaras (chá) de abobrinha ralada com casca – use o ralador mais fino

3 ovos vegetais

meia xícara de água

Faz assim:

Pre-aqueça o forno a 180 graus. Coloque as forminhas de papel nas cavidades da fôrma. Em uma vasilha misture os secos, menos o açúcar. Em outra tigela coloque o açúcar e o óleo de coco, mexa bem com um fouet ou com espátula, junte à essa mistura os 3 ovos vegetais, misture mais uma vez e reserve. Em uma tigela grande coloque a abobrinha ralada e adicione à ela metade da mistura de secos. Mexa com uma colher, tentando deixar os pedaços de abobrinhas envoltos pela farinha, sem fazer pelotas. Agora coloque o restante dos secos, os líquidos e a meia xícara de água. Misture bem e em seguida coloque colheradas da massa nas forminhas de papel. Leve ao forno por aproximadamente 25 minutos, ou até que, enfiando um palito nos bolinhos, ele saia seco. Retire do forno, passe um café e aproveite 🙂

004

Bolo de mexerica

Pensa num bolo super aromático, fofinho e úmido. É esse aqui!

002

E além de ser um bolo incrível pra acompanhar aquele café da manhã ou o chá da tarde, ele também é perfeito para os intolerantes: não tem glúten, nem ovos, nem leite. Um bolo de mexerica vegano, que você faz com a fruta da estação, e come pensando em quais eram os motivos pra usar tanto produto de origem animal nas receitas.

Eu ainda não descobri.

003

Bolo de mexerica vegano sem glúten

ingredientes:

2 mexericas

2 xícaras de açúcar demerara

3 colheres (sopa) de farinha de linhaça dourada

1 xícara (chá) de azeite

meia xícara (chá) de água

1 xícara (chá) de farinha de arroz – e mais um pouco pra enfarinhar

meia xícara (chá) de polvilho doce

meia xícara (chá) de amido de milho

1 colher (sopa) de fermento em pó

1 pitada de sal

óleo para untar a fôrma

Faz assim:

Em um pote pequeno, coloque as 3 colheres de farinha de linhaça e junte mais 6 colheres (sopa) de água. Misture e deixe descansar uns 10 minutos. Pre-aqueça o forno a 180 graus. Unte uma forma redonda, dessas de pudim, com óleo e depois enfarinhe com um pouco de farinha de arroz. Lave bem as mexericas e corte-as ao meio para retirar as sementes – você vai usá-las com a casca. No liquidificador coloque as mexericas, o azeite, a mistura de linhaça e água e mais meia xícara de água. Bata até que tudo fique bem misturado. Em uma vasilha coloque a farinha de arroz, o polvilho doce, o amido, fermento e o açúcar. Misture os secos e em seguida despeje o líquido do liquidificador. Mexa com uma espátula ou colher de pau até obter uma massa homogênea. Coloque a massa na fôrma preparada e leve pra assar por aproximadamente 30 minutos. A casa fica com um perfume incrível quando o bolo está pronto. Para verificar se está assado, espete um palito e veja se ele sai seco. Então é hora de tirar do forno.

007

Prepare um café ou chá de sua preferência e aproveite o dia.