Sobre

perfil.jpg

Me chamo Leticia, tenho mais de 30 e sou louca por comida.

Aos 7 anos minha brincadeira preferida era montar um fogão de tijolos, acender um fogo e fritar cascas de batata. Meu primeiro caderno de receitas veio logo depois, e é ele que ainda uso quando preciso checar algum ingrediente ou anotar uma observação.

A paixão pela cozinha virou profissão. Montei uma mini confeitaria artesanal que chamo de Le Cafe Con Chocolat e comecei a escrever um blog de culinária no portal do jornal local. Foi a partir desse blog que meus questionamentos em relação à alimentação começaram a me levar por caminhos diferentes.

Comecei a me interessar cada vez mais por alimentos orgânicos e produtos locais. Passei a pensar em sazonalidade e sabor. Aprendi a preparar pratos aproveitando o máximo de cada um dos ingredientes. Descobri como usar algumas cascas, sementes e deixei pra trás grande parte dos industrializados que trazia pra casa. Diminui o consumo de laticínios e ainda tive que aprender a cozinhar sem glúten por conta da intolerância de meu marido.

Naturalmente, comecei a observar o consumo de carne na minha casa e percebi que estávamos comendo proteína animal no café da manhã, almoço e janta. Um presunto dentro do pão, um frango no almoço, uma carne moída no jantar. Era assim todos os dias. Todas as semanas. E essa constatação me colocou uma pulga atrás da orelha: Precisamos mesmo de tudo isso?

Então, movida pela curiosidade, fui buscar informações sobre a indústria da carne. Li artigos, assisti documentários, ouvi vegetarianos, procurei pela internet. E quanto mais eu descobria, menos vontade tinha de colocar um bife no prato. Assim fui mudando a minha maneira de pensar, e eu que nunca fui de ter dó de bicho comecei a me importar com a crueldade. A saúde. O meio ambiente. E tudo isso que envolve a criação e o consumo de carne.

Assim, aos poucos, nasceu esse projeto: decidi ficar um ano sem consumir carne. Nem vermelha, nem frango, nem peixe. Nem ostra, nem javali, nem camarão. Nenhum bicho. Espero que esses 365 dias sejam cheios de reflexão e troca, e principalmente de receitas repletas de sabor, porque a minha paixão pela comida continua acesa, agora com o prato colorido de plantas.

Seja bem-vindo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s